quarta-feira, 20 de maio de 2009

Medusa Marinara


Tinha parado de escrever nesse espaço. Não tinha nada pra falar.

Mas eu tenho de escrever. Isso aqui tem um motivo!

E ninguém fica sem o que falar depois de ver uma medusa num prato.

Eu fui ver a exposição do tal Vik Muniz.

Apesar de o sujeito fazer retratos com açúcar, geléia e chocolate, foi a exposição menos enjoativa que já vi.

A Medusa Marinara da foto é provavelmente o espaguete mais caro da História. Deve valer uns milhares.

Primeiro, tirou minhas palavras. Depois, devolveu todas. Estou gastando o excesso aqui.

4 comentários:

Dra. Tormenta disse...

Que bom que voltou a escrever, querido!

Estava sentindo falta!

Então a história do passaro encantado e sua menina tem vários desdobramentos... esse é um deles...

A história original (inicial) é a que lhe contei...

Como você está?
Por onde anda?

Apareça...

Beijo.

Dra. Tormenta disse...

Ah... adorei a Medusa...

Patricia Serenini disse...

Viva Vik Muniz, aquele que te trouxe de volta!!!
Já tava na hora, hein, Gu???

Gostei do post... fiquei curiosa...
E me despertou o apetite... qdo temos outra happy hour, huh???

Beijos!

Fernanda MBem disse...

Gustavo... saudades mesmo!
VÊ se aparece mais, meu filho...

A marinara, ao sugo ou ao molho branco apareça...
Conheço três (ou mais) professoras de inglês que adorariam essa exposição.

E a sua volta tmb.

Beijos!
; )
(apóio o happy hour - agora na nova regra ortográfica "eu apoio o happy hour" arfh...)